quarta-feira, 21 de julho de 2010

Filho único

Filho Único - Erasmo carlos

Ei, mãe, não sou mais menino
Não é justo que também queira parir meu destino
Você já fez a sua parte me pondo no mundo
Que agora é meu dono, mãe e
nos seus planos não estão você
Proteção desprotege e
carinho demais faz arrepender
Ei, mãe
Já sei de antemão que você fez tudo por mim e
jamais quer que eu sofra
Pois sou seu único filho
Mas contudo não posso fazer nada
A barra tá pesada, mãe
E quem tá na chuva tem que se molhar
No início vai ser difícil
Mas depois você vai se acostumar.
****

Ouvi esses dias a música acima e fiquei pensando muito nela.
Temos muita vontade de colocarmos nossos pequenos debaixo do braço e protegê-los de tudo e de todos.
Para muita gente seria muito bom que o filho não crescesse nunca, que não se machucasse que não saísse de casa, enfim que pudessem tomar todas as decisões para o filho.
Mas gente, assim não se cria filho para o mundo! Que tipo de adulto essa criança vai se tornar, um adulto completamente dependente. E isso não é bom para ninguém, nem para os pais nem para a criança.
Quando temos um filho só a tendencia é proteger mais, mas devemos nos controlar e deixar a criança ser um pouco independente e ir dando espaço para que ela se desenvolva do jeito dela e não super protegida.
O Matheus já está com quase 1 ano e sei o quanto é difícil não super proteger. Mas tenho tentado! E tirando a parte da noite, que ele ainda está muito dependente para dormir, tenho conseguido com sucesso criar um menino "desbravador".
Sei que tenho muita estrada pela frente e muitos desafios. E quem sabe outro filho daqui a alguns anos! rsrsrs

6 comentários:

  1. Oi Catharina!!!
    O Matheus tá muito fofo!!! E como o tempo passou rápido...já vai fazer 1 ano!
    A Maysa me falou da sua mudança, a família da minha mãe é daquelas bandas...É longe, mas pense na infância que o Matheus terá.
    Beijos,
    Ciça

    ResponderExcluir
  2. Penso demais neste assunto.
    Tenho a Nina e nem me imagino tendo outro filho, sei lá se daqui alguns anos tome coragem, mas acho q não.
    Tenho irmãos e amo.
    Sei q um dia minha filhota pedirá irmãos, mas por enquanto estou muito exausta pq cuido sozinha, sem babá, mãe ou sogra apenas o maridão e hoje em dia alguma ajuda da faxineira.
    Minha meNINA ta c 9 meses e meio e não tive um dia sequer de descanso e o maximo q me ausentei foi por 3h, imagine a exaustão!!!!!
    Pelo q dizem esquecemos tudo isso, to c quase 37 anos, completo sábado e a idade pesa também neste quesito.
    Qto a super proteção não vou nem comentar pq mãe de filha única já ate imagino como será, lógico q tentarei ao maximo deixa-la pronta para o mundo, mas mãe q é mãe fala fala mas na hora do vamos ver.......................
    Espero q ela cresça independente e saiba q papai e mamãe estarão sempre aqui, com ou sem irmão.
    Bjs bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Você pode ajudar o Brasil a continuar livre da poliomielite! Ajude a divulgar informações aos papais e mamães, para que eles não se esqueçam de levar seus filhos menores de cinco anos para tomar a segunda dose contra a paralisia infantil, no próximo dia 14. Essa simples atitude faz com que as crianças do nosso país estejam protegidas de uma grave doença.
    Caso tenha interesse em ajudar a divulgar a Campanha Nacional de Vacinação Infantil, e para obter mais informações ou materiais da campanha - como o filme e banners -, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
    Obrigado por sua colaboração!
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir
  4. Não conseguiu vacinar seu filho? A vacina contra a paralisia infantil ainda está disponível em toda a rede pública do país. Vá ao posto de saúde mais próximo e imunize todas as crianças menores de cinco anos. A poliomielite é uma doença grave e não existe no Brasil desde 1989. Vamos ajudar a mantê-la longe das nossas casas!

    Mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude

    ResponderExcluir
  5. Também fiquei pensando nisso quando ouvi essa música pela primeira vez. Chega a ser cruel aos ouvidos de uma mãe, né?
    Não é fácil, não.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem? Conheci seu blog agora e adorei, vou seguir!! Meu blog está fazendo um ano, e estou sorteando um layout personalizado pra blogs, se você se interessar passa lá pra ver como participar: www.mamaenadia.blogspot.com. E tenho um outro blog que gostaria muito que você participassé, é o Recanto das Mamães Blogueiras www.recantodasmamaesblogueiras.blogspot.com Te espero lá! Beijos!

    ResponderExcluir